História

Em 12 de outubro de 1898, um grupo de professores da Escola de Agronomia e Veterinária de Pelotas, redatores da Revista Agrícola do Rio Grande do Sul, do então Liceu Riograndense de Agronomia e Veterinária, instituição pioneira no ensino da agronomia no país, resolveu criar a Sociedade Agrícola Pastoril do Rio Grande do Sul. A frente da diretoria estava o primeiro presidente da entidade, Dr. José Cipryano Nunes Vieira. Iniciava-se, assim, uma trajetória que haveria de perpetuar-se através da história.

Já no ano seguinte, realizou a I Exposição Agrícola do Estado e em 1908, o I Congresso Rural do Rio Grande do Sul. Surgem nas demais regiões do Estado, seguidores deste trabalho que resolvem unir-se para a criação da Federação das Associações Rurais do Rio Grande do Sul, com laços federativos que mantém absoluta autonomia local.

No ano de 1922, a Sociedade Agrícola Pastoril do Rio Grande do Sul passa a denominar-se Sociedade Agrícola de Pelotas, ocupando uma área de mais de 43 hectares, no bairro Três Vendas.

Somente em 3 de outubro de 1945, com a reformulação completa de suas instalações, é que foi oficialmente inaugurado o parque de exposiçõoes da Sociedade Agrícola de Pelotas, que em 1967 passou a se chamar Associação Rural de Pelotas.

Ainda permanece na memória do povo pelotense, a lembrança do nome Sociedade Agrícola de Pelotas, devido a grande importância que a entidade sempre teve para a vida econômica e social da região.

O parque de exposições da Associação Rural de Pelotas é denominado Parque de Exposições Dr. Ildefonso Simoes Lopes, em homenagem ao ilustre pelotense – filho do Visconde da Graça – e que fora ministro da agricultura durante o governo de Epitácio Pessoa.

Situado no bairro Três Vendas, o Parque desde sua inauguração conserva sua beleza natural, enriquecida pela implantação de espécies exóticas e nativas. Melhorias em sua infra-estrutura foram realizadas através de novas edificações, que permitiram abrigar diversas entidades ligadas ao setor agropecuário. Atualmente, feiras comerciais e industriais acontecem regularmente no local.

Representar e defender os interesses da classe agropecuária são os objetivos da Associação Rural de Pelotas, que destaca-se pelo seu papel de aglutinadora das atividades ligadas a a agricultura e pecuária, na zona sul. A Associação Rural de Pelotas, aproveitando a invejável estrutura física do seu Parque realiza leilões que tem participação significativa na consolidação da posição de Pelotas como segundo maior centro de comercialização de animais do Estado.

A Expofeira de Pelotas representa o mais importante evento da entidade, projetando Pelotas nacionalmente, devido a sua relevante contribuição ao setor agropecuário.